O Projeto Direito Sem Aperreio nasceu de uma inquietude em ajudar o próximo, honrar com o compromisso firmado na minha segunda graduação e humanizar a advocacia. Além disso, o Projeto contribui para o aprimoramento da justiça no Brasil.

O Projeto foi selecionado para o XVI Prêmio Innovare – 2019, e está concorrendo ao prêmio na modalidade Advocacia. Atualmente, o Projeto conta com dezenas de colunistas em todo o Brasil, fomentando a orientação jurídica de qualidade ao alcance de todos!

WhatsApp Image 2018-12-12 at 14.55.16

Aos que não me conhecem, sou Lorena Lucena, idealizadora do Projeto Direito Sem Aperreio. Sou Advogada, especialista em Direito Ambiental, Professora de Direito Ambiental, atuante nas áreas do Direito Ambiental, Direito Civil e Direito Imobiliário. Sou Administradora de Empresas, com MBA em Perícia e Auditoria Ambiental, Empreendedora e Palestrante. Membro da Comissão de Direito Ambiental da OAB/CE (2016-2018 / 2019-2021). Artigo científico apresentado na Faculdade de Direito de Lisboa – Portugal (2015). Livro publicado pela editora Lumem Juris. Artigo submetido e aprovado para Diálogo Ambiental e Constitucional em Tarragona – Espanha (2017). Artigo submetido e aprovado para Diálogo Ambiental e Constitucional em Brasília/DF (2019). Artigos publicados em Revistas jurídicas.

WhatsApp Image 2018-08-07 at 08.58.26

Aos que tiverem curiosidade em conhecer melhor o Projeto Direito Sem Aperreio, disponibilizamos nossas redes sociais e nosso Canal no Youtube:

Youtube – Canal Direito Sem Aperreio

Instagram – Lucena Torres Adv

Instagram – Direito Sem Aperreio

Site – https://www.lucenatorresadv.com.br/

 

Inscrição no canal

7 comentários sobre “Sobre

  1. Olá Doutora Lorena!
    Vi aqui sua publicação sobre a decisão do STJ sobre a questão recente do FGTS. Minha dúvida é: Agora os Tribunais Federais irão indeferir todos os pedidos – Pergunto: Devemos recorrer agora ou devemos aguardar o STF se posicionar sobre a matéria.
    Imagina que em algum momento o STF entende diferentemente do que decidiu o STJ e diz que a correção precisa ser majorada. Como fica essas ações encerradas, pois parece que não adianta recorrer né? o que fazer para salvaguardar nosso direito, se não tivermos mais o prazo para propor uma ação rescisória no futuro? ou devo recorrer agora? Qual sua opinião sobre o melhor caminho a seguir, recorrer ou aguardar?

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi tudo bem?
    Encontrei sua página pesquisando sobre normas ambientais, se você puder me orientar com algumas dúvidas eu agradeço. Procurei aqui um e-mail de contato, mas não encontrei.

    Curtir

  3. Olá, Lorena Torres. Encontrei o seu canal no YouTube, estou satisfeito com suas produções, as quais têm me ajudado bastante, já que o direito ambiental é uma área do meu interesse. Sou acadêmico do curso de direito, 9 semestre, da Urca do Crato. Fico muito grato pela contribuição que você tem dado com as publicações. Continue, será de grande proveito para quem está estudando, ou iniciando a carreira na advocacia. Abraços, saúde e paz.

    Curtir

Deixe uma resposta para GILSON CORREA GILSON CORREA Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s